Funer?ria

DOMINGO, 16 DE DEZEMBRO DE 2018 | |

Princesa Isabel, PB

Portal Cruzaltense no FacebookPortal Cruzaltense no TwitterPortal Cruzaltense no Google PlusFale conosco
Publicado em 30/11/2018 às 13:35:51

Feira da Economia Popular Solidária oferece produtos orgânicos

Mulheres são a grande maioria entre os vendedores

1477_2.jpg

Quem procura um presente para o Natal, ou apenas aprecia produtos orgânicos, coloniais, artesanais e com bons preços, uma boa dica é visitar a feira da Economia Popular Solidária.

Três vezes por semana, às terças, sextas e sábados, das 7h às 12h, a comunidade de Cruz Alta tem a oportunidade de comprar alimentos e artesanatos diretamente dos produtores da agricultura familiar. A Feira de Economia Solidária acontece na sede da Secretaria de Desenvolvimento Rural, Meio Ambiente, Ciência, Tecnologia e Abastecimento, na Av. General Câmara, 347, e reúne diversos produtores de Cruz Alta e de Fora do Município. Nos boxes são expostos itens, como cucas, salames, queijos, verduras, artesanato, entre outros.

As mulheres são a grande maioria entre os integrantes dos empreendimentos econômicos solidários, que seguem fundamentos como a cooperação, a geração de renda para pessoas sem inserção no mercado formal de trabalho, capacitação, valorização dos produtos locais, preço justo e sustentabilidade.

Uma das feirantes, Maria de Lurdes, que há 22 anos trabalha no ramo, disponibiliza às clientes diversas opções, como bolo de aveia, bolo de laranja, maçã e abacaxi, e várias opções de cucas, como goiaba, leite condensado e coco. Para ela, o maior desafio para manter o negócio é a falta de incentivo do poder público. "Depois que mudamos para este novo local, não estamos mais recebendo apoio. Precisamos de mais propaganda, mais incentivo. O Poder Público não nos ajuda. Antigamente havia muito mais apoio. Agora eles querem que a gente faça adequações, mas para isso precisamos investir dinheiro, mas não nos dão condições para isso", desabafa a feirante.

Marlene Borges é uma cliente assídua do local. Ela visita os boxes toda terça e sexta. Ela revela que prefere comprar na feira porque os produtos são mais saudáveis e sem agrotóxicos. "A população de Cruz Alta precisa conhecer mais o trabalho dos pequenos produtores. Aqui é tudo natural, não tem agrotóxicos, encontramos cenoura, beterraba, queijo bom e bem cuidado, e eu sou de uma família pequena, só eu e minha irmã. Então é o ideal comprar aqui", relata.


shel

Deixe seu comentário