Funer?ria

QUINTA, 15 DE NOVEMBRO DE 2018 | |

Princesa Isabel, PB

Portal Cruzaltense no FacebookPortal Cruzaltense no TwitterPortal Cruzaltense no Google PlusFale conosco
Publicado em 14/09/2018 às 13:43:17

Conselho Gestor busca adequação da Feira de Economia Solidária

Trabalho beneficia feirantes e consumidores

1402_9864.jpg

Nesta semana o Conselho Gestor do Centro Público de Economia Popular Solidária esteve reunido na Secretaria Municipal de Desenvolvimento Rural para a discussão de regularizações. Estiveram presentes representantes dos feirantes e das entidades civis e governamentais que fazem parte do conselho, como Artesãos; Hortigranjeiros; Produtos de origem animal; Cozinha solidária; Apicruz; Fitoterápicos; Catadores de materiais recicláveis; Panificação e confeitaria; Cáritas; Emater; UNICRUZ; Sindicato dos Trabalhadores Rurais; UERGS, SMDR, SMDE e SMDS.

Conforme José Teixeira, presidente do conselho, as inovações vêm para melhorar a estrutura dos comerciantes. "Alguns feirantes possuem bloco de produtor rural, portanto já estão regularizados. Estamos propondo para aqueles que não se enquadram nesta categoria que façam o MEI, ficando dessa forma regularizados e atendidos pela previdência. Além disso estamos trabalhando com as questões sanitárias e organizacionais da feira", afirmou. O conselho que possui representantes de todos os segmentos, que juntos coordenam o funcionamento da feira. Essa entidade organizacional havia ficado inativa por quatro anos e foi retomada em julho de 2017.

Para a professora Enedina Souza, representante da Unicruz no conselho, "as adequações trazem novas possibilidades para os feirantes de expandirem seus mercados, além de atrair e dar mais segurança aos consumidores". Ficou marcada uma nova reunião para outubro com a participação dos feirantes e demais membro do conselho, onde as dúvidas sobre questões jurídicas serão esclarecidas e orientações sobre profissionalização serão oferecidas para os que se interessarem.

Feira de Economia Popular Solidária

Três vezes por semana, nas terças, sextas e sábados, das 7h às 11h, a comunidade de Cruz Alta tem a oportunidade de comprar alimentos e artesanatos direto dos produtores da agricultura familiar. A Feira de Economia Solidária acontece na sede da Secretaria de Desenvolvimento Rural, Meio Ambiente, Ciência, Tecnologia e Abastecimento, na Av. General Câmara, 347, e reúne diversos produtores de Cruz Alta e de Fora do Município.

Redação: Danieli Broch,

shel

Deixe seu comentário